Os seriados em até 140 caracteres: A Social TV através de Pretty Little Liars

Mateus Dias Vilela, Lúcia Loner Coutinho

Resumo


As tecnologias de compartilhamento no ciberespaço têm modificado as dinâmicas espectatoriais da televisão. Buscando valer-se de uma experiência social, os seriados norte-americanos procuram meios para incentivar o engajamento dos públicos, além de lucrar nesta nova configuração do mercado, dando origem ao fenômeno de Social TV. Neste contexto, este trabalho centra-se na série Pretty Little Liars uma das atrações televisivas de maior sucesso nas redes sociais, valendo-se de seu apelo jovem, e de ações de engajamento.

Palavras-chave: Séries televisivas. Social TV. Convergência midiática.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22478/ufpb.1983-5930.2018v11n1.40745

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA / CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES - PPGC/UFPB