IDH-REVISITADO: UMA NOVA PROPOSTA PARA QUANTIFICAR O DESENVOLVIMENTO DOS MUNICÍPIOS NORDESTINOS

Jeruza Alves Haber, Frederick Fagundes Alves, Diogo Brito Sobreira, João Eustáquio de Lima

Resumo


O Índice de Desenvolvimento Humano apresenta uma proposta para medir o progresso socioeconômico de um país, região e/ou município, em sua forma original leva em consideração uma estrutura composta por saúde, educação e renda. Esse trabalho propõe uma ampliação dessa estrutura, acrescentando variáveis de infraestrutura, emprego e segurança pública, com intuito de indicar os pontos falhos contribuindo para a melhoria das políticas públicas. Utilizou-se os municípios da região Nordeste do Brasil para o ano de 2010 e a metodologia de Análise Fatorial para encontrar os fatores necessários para a criação do índice proposto (IDH-Revisitado). Pôde-se concluir que as cidades menos desenvolvidas, classificadas pelo IDH municipal e pelo IFDM, também apresentaram um valor muito menor de IDH-Revisitado. Isso mostra que esses municípios são ainda mais carentes do que o até então conhecido e necessitam de políticas que atuem de forma mais eficiente para a melhoria da qualidade de vida dos indivíduos.

Palavras-chave


Índice; Nordeste; Bem-estar






ISSN 1517-9354




Este periódico está indexado nas bases: