GESTÃO DE PESSOAS E GESTÃO DO CONHECIMENTO À LUZ DA ESTÉTICA ORGANIZACIONAL

Inara Antunes Vieira Willerding, Micheline Guerreiro Krause, Édis Mafra Lapolli

Resumo


O objetivo deste estudo é identificar a percepção dos colaboradores de uma organização de base tecnológica do Estado de Santa Catarina sobre o treinamento e desenvolvimento, à luz da estética organizacional como facilitadora da Gestão do Conhecimento. A pesquisa se classifica como qualitativa, exploratória, e como estudo de caso. Para a coleta de dados, utilizou-se da revisão da literatura e entrevistas semiestruturadas, tendo como temática as práticas de trabalho, processos de aprendizagem e interações. Por meio da identificação das percepções de seis colaboradores entrevistados, foi possível concluir que a intensidade de sentimentos, expectativas, desafios e dificuldades exigem das organizações uma maior atenção ao treinamento e desenvolvimento dos novos colaboradores, uma vez que estes estarão fazendo a leitura do ambiente e ajustando-se à organização. O valor da presente abordagem reside em seu enfoque no estabelecimento dos primeiros vínculos que nortearão o desempenho dos colaboradores e que influenciarão processos de aprendizagem, uso e compartilhamento do conhecimento na organização.

Palavras-chave


Gestão de Pessoas. Estética Organizacional. Gestão do Conhecimento. Aprendizagem Organizacional.

Texto completo:

PDF


Locations of visitors to this page

Licença Creative Commons
Os originais publicados na Perspectivas em Gestão & Conhecimento estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons 3.0 Brasil (obrigatoriedade de atribuição de créditos/vedado uso comercial/vedada criação de obras derivadas/permitida citação referenciada).
Perspectivas em Gestão & Conhecimento - PG&C, Cidade de João Pessoa, Estado da Paraíba, Brasil.
ISSN: 2236-417X (formato eletrônico).