SABERES DOCENTES E OS CURSOS SEMIPRESENCIAIS DA EJA

Humberto Vieira Farias, Timothy Denis Ireland, Eduardo Jorge Lopes da Silva

Resumo


Este artigo discute os saberes docentes e a prática pedagógica nos cursos semipresenciais da Educação de Jovens e Adultos. Esse tipo de curso traz a marca da flexibilidade de horários, do contato personalizado do educando com o educador e contradiz a lógica do formato dos cursos presenciais. As informações foram coletadas por meio da técnica de entrevistas semiestruturadas com seis educadores (três experientes e três em início de carreira) de uma escola pública. Os sujeitos entrevistados concebem os saberes relacionados com o domínio do conteúdo a ser ensinado e a valorização dos saberes prévios dos docentes, como bastante relevantes para atuar nos cursos semipresenciais da EJA.

Palavras-chave: Saberes docentes; Educação de Jovens e Adultos; Cursos semipresenciais.


Texto completo:

PDF

Referências


ABBAGNANO, Nicola. Dicionário de Filosofia. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

ALMEIDA, Geraldo Peçanha. Transposição didática: por onde começar? São Paulo: Cortez, 2007.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BRASIL. LDB. Lei 9394/96. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional.

_______, Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF, Senado, 1998.

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. Resolução n.1 de jul. 2000. Estabelece as Diretrizes Curriculares da Educação de jovens e adultos.

______. Parecer No 11 de jul. 2000. Consulta sobre as Diretrizes Curriculares da Educação de jovens e adultos.

CORTEZÃO, Luiza. Ser Professor: um ofício em risco de extinção? 2ed. São Paulo: Cortez; Instituto Paulo Freire, 2006.

COSTA, Vera Esther, IRELAND, Timothy Denis. Educação Supletiva e Educação popular: Expressões de Práticas em educação de adultos. Em aberto, Brasília, v. II, n.16, p. 13-16, jun.1983.

FREIRE, Paulo. Sobre educação popular: entrevista com Paulo Freire. In: TORRES, Rosa Maria (Org.). Educação popular: um encontro com Paulo Freire. 2. ed. São Paulo: Loyola, 2002.

______. A importância do ato de ler: em três artigos que se completam. 50. ed. São Paulo: Cortez, 2009.

______. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 46. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2013a.

______. Pedagogia do oprimido. 54. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2013b.

GADOTTI, Moacir; ROMÃO José. (Orgs.) Educação de jovens e adultos: Teoria, Prática e Proposta. 8. ed. São Paulo: Cortez/Instituto Paulo Freire, 2006. 136p. (Guia da Escola Cidadã,5).

GOHN, Maria da Glória. Educação não-formal, participação da sociedade civil e estruturas colegiadas nas escolas. Ensaio: aval. pol. Públ. Educ., Rio de Janeiro, v.14, n.50, p. 27-38, jan./mar. 2006.

FARIAS, Humberto vieira; SILVA, Eduardo Jorge Lopes da. Contradições presentes no livro didático de biologia em um curso semipresencial da educação de jovens e adultos. Revista Cocar. Belém, vol. 8, n.15, p. 48-56, Jan/Jul. 2014.

FARIAS, Humberto Vieira. Os cursos semipresenciais e o reencontro de jovens e adultos com a educação básica. 2015. 251f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2015.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS PEDAGÓGICOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA. Sinopse Estatística da Educação Básica 2014. Brasília: Inep, 2014. Disponível em: . Acesso em: 28 mar. 2018.

______. Sinopse Estatística da Educação Básica 2017. Brasília: Inep, 2017. Disponível em: . Acesso em: 05 abr. 2018.

LELIS, Isabel Alice. Do ensino de conteúdos aos saberes do professor: mudança de idioma pedagógico? Educação e Sociedade. Ano 22, n. 74, abr. 2001.

MONTEIRO, Ana Maria Ferreira. Professores: saberes e práticas. Educação e Sociedade. Campinas, Ano XXII, n. 74, p. 121-142, abril, 2001.

MORETE, Rita de Cássia Boscoli Soler. O Centro Estadual de Educação de Jovens e Adultos de Presidente Prudente (CEEJA-PP) significa realmente espaço formativo? 2010. 239f. Dissertação (mestrado). Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente, 2010.

OLIVEIRA, Ivanilde Apoluceno de. Princípios pedagógicos na educação de jovens e adultos. Revista Alfabetização Solidária. São Paulo, V.4, n.4, p. 59-74. 2004.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS. CONFINTEA V. Declaración de Hamburgo sobre la Educación de Adultos y Plan de Acción para el Futuro. Hamburgo: UIE/UNESCO, 1997, 26 p. Resoluciones de la V Conferencia Internacional sobre Educación de Adultos (Hamburgo: 14-18 de julio de 1997).

PERRENOUD, Philippe. Dez novas competências para ensinar. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 2000.

RAUBER, Ana Maria da Trindade Rodrigues. Concepções e perspectivas de educação: um estudo do Centro Estadual de Educação de jovens e adultos – CEEJA – Dourados. 2012. 190 f. Dissertação (mestrado em educação) – Universidade Católica Dom Bosco, Campo Grande, 2012.

SILVA, Jerry Adriani da. Um estudo sobre as especificidades dos/das educandos/das nas propostas pedagógicas de educação de jovens e adultos: tudo junto e misturado. 2010. 191f. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Federal de Minas Gerais. Belo Horizonte, 2010.

SOUZA, João Francisco de. Atualidade de Paulo Freire: contribuição sobre a educação na diversidade cultural. São Paulo: Cortez, 2002. (Biblioteca freireana; v. 3).

TAFNER, Elizabeth Penzlien. A contextualização do ensino como fio condutor do processo de aprendizagem. Revista Leonardo Pós- Órgão de Divulgação Científica e Cultural do ICPG. Vol. 1 n.3 - ago./dez.2003.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. 13 ed. Petrópolis: Vozes, 2012.

VALDÉS, Raúl; et al. Contribuições conceituais da educação de pessoas jovens e adultos: rumo a construção de sentidos comuns na diversidade. Organização dos Estados Ibero-Americano e UNESCO. Tradução Daniele Martins e Zenaide Romanovsky. Goiânia: Ed. UFG, 2014.




DOI: https://doi.org/10.22478/ufpb.2359-7003.2018v27n2.41312

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


________________________________________________________________________________________________________________________________________

ISSN 2359-7003

  https://doi.org/10.22478/ufpb.2359-7003

________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Cidade Universitária - Campus I - Setor Humanístico Bloco III
Centro de Educação
Universidade Federal da Paraíba
João Pessoa PB Brasil
CEP:58059-900 ** Fone: 83XX3216-7702 e Fax: 83XX3216-7140
e-mail: revistateducppge@ce.ufpb.br
http://www.periodicos.ufpb.br/index.php/rteo


________________________________________________________________________________________________________________________________________

Este periódico está indexado nas bases:

          Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia