QUALIDADE HIGIÊNICO-SANITÁRIA E MICROBIOLÓGICA DA CARNE BOVINA COMERCIALIZADA NO MUNICÍPIO DE AREIA-PB

Messias S Nogueira, Danielle S Santos, Renata C Silva, Camila L Gadelha, Kalinne G Mayer, Fabiola da Cruz Nunes

Resumo


A venda de carnes sem inspeção sanitária é uma realidade comum no estado da Paraíba e está fortemente relacionada a hábitos culturais extremamente arraigados na população local. Essa realidade torna a população bastante susceptível às infecções e intoxicações de origem alimentar, além de outras doenças que podem ser transmitidas por alimentos. Dessa forma, o objetivo desse trabalho foi analisar os aspectos higiênico-sanitários e microbiológicos da carne bovina comercializada em mercados e feiras livres do município de Areia. Como resultados, observaram-se falhas relacionadas às condições higiênico-sanitárias dos estabelecimentos que comercializavam carne bovina in natura. Além disso, foi possível verificar a presença de elevada contagem de microrganismo mesófilos, coliformes totais e E.coli. Esses resultados demonstram a necessidade da adoção de boas práticas de manipulação e conservação dos produtos cárneos, de forma a diminuir os riscos à saúde dos consumidores, bem como de aumentar o tempo de prateleira do produto.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25066/agrotec.v32i1.10074

Revista Agropecuária Técnica
ISSN impresso 0100-7467
ISSN online 2525-8990


Este periódico está indexado em:




Índice h (Google Scholar)=14


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional