Imagem para capa

QUALIDADE DURANTE O DESENVOLVIMENTO DE UVAS VINÍFERAS ‘SYRAH’ DO SUBMÉDIO DO VALE SÃO FRANCISCO

Analha Dyalla Feitosa Lins, Isana Maria Brito Roque, Cícera Gomes Cavalcante de Lisbôa, Regilane Marques Feitosa, Josenara Daiane de Souza Costa

Resumo


O presente trabalho foi desenvolvido com o objetivo de proporcionar uma determinação da curva de maturação da variedade Petit Syrah para produção de vinho de qualidade. As várias atividades para acompanhamento da maturação da uva foram baseadas em análises que determinam essa variação através de índices físico-químicos como pH, acidez, sólido solúveis , açúcares redutores e vários outros requisitos subjetivos ideais em uvas dessa variedade cultivada no Vale do São Francisco. Este estudo se fez necessário pelo aumento da área de produção de uva desta variedade em Lagoa Grande, Santa Maria da Boa Vista e Petrolina, e principalmente pela carência de informações e estudos mais aprofundados desta cultivar. Nos resultados, observou-se que as uvas mais jovens não existem acúmulo de açúcares redutores e as uvas mais próximas do amadurecimento, acumulam maior quantidade de açúcares redutores e açúcares solúveis totais e que a evolução do pH apresentou comportamento inverso à evolução da acidez,, concluindo que os frutos com exatamente quatro meses possui características ideais para a produção de vinho.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25066/agrotec.v36i1.24564

Revista Agropecuária Técnica
ISSN impresso 0100-7467
ISSN online 2525-8990


Este periódico está indexado em:




Índice h (Google Scholar)=14


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional