Imagem para capa

INFLUÊNCIA DA APLICAÇÃO DE URINA DE VACA EM PIMENTÃO (Capsicum annuum L.) EM FUNÇÃO DE ADUBOS ORGÂNICOS

Mario Leno Martins Véras, José Sebastião de Melo Filho, Lunara de Sousa Alves, Toni Halan da Silva Irineu, Gilmar Gomes da Silva, Raimundo Andrade

Resumo


O pimentão é uma hortaliça-fruto consumida mundialmente, no entanto, no cultivo desta hortaliça há carência nos estudos sobre qual o fertilizante mais adequado e o adubo mais rico em nutrientes. Neste contexto, objetivou-se com este trabalho avaliar a influência da aplicação de urina de vaca em pimentão (Capsicum annuum L.) em função de adubos orgânicos. A pesquisa foi realizada na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Nossa Senhora da Conceição no município de Belém de Brejo do Cruz – PB. O delineamento experimental adotado foi inteiramente casualizado (DIC) com quatro repetições, no arranjo fatorial 5 x 2, totalizando 40 plantas. Estudou-se 5 doses de urina de vaca: (D1 = 0, D2 = 25, D3 = 50, D4 = 75 e D5 = 100 ml) na combinação de adubos: (A1 = pó de madeira + esterco bovino + areia lavada e A2 = esterco bovino + areia lavada. Observa-se resposta significativa do pimentão em todas as variáveis analisadas quando submetido aos tratamentos com urina de vaca (p<0,01). Para os adubos também foi observado efeito para todas as variáveis a nível de (p<0,01). Não houve efeitos significativos para interação entre os fatores. A aplicação de urina de vaca proporciona bons resultados no crescimento e peso verde de plantas de pimentão. As plantas de pimentão adubadas com esterco bovino + areia lavada (proporção 2:1) apresentam melhores resultados.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25066/agrotec.v36i1.24736

Revista Agropecuária Técnica
ISSN impresso 0100-7467
ISSN online 2525-8990


Este periódico está indexado em:




Índice h (Google Scholar)=14


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional