Estudo de implantação de uma agroindústria de Filé de Tilápia defumado em Campo Grande-MS

Rudieli Machado da Silva, Nathalia Pereira Ribeiro, Leonardo Alves de Oliveira Casimiro

Resumo


O estado do Mato Grosso do Sul, pioneiro na produção de peixes nativos, como o pacu e o pintado, tem mercado e demanda para pescados de água doce. Apesar da produção da tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus) ser uma atividade relativamente nova no país, ela é considerada uma atividade com potencial no estado, principalmente quando vendida de forma processada, como filés defumados, aumentando o valor agregado do produto. O presente trabalho tem por finalidade avaliar o desenvolvimento local a partir da instalação de uma agroindústria de peixes defumados em Campo Grande-MS. Características do ambiente de trabalho, bem como fluxograma e o layout de produção devem seguir regulamentação da ANVISA. Por meio de pesquisas de preço, foram levantados os custos para aquisição de equipamentos e produtos, além dos custos fixos e variáveis mensais necessários para o funcionamento da empresa. Os resultados mostraram que o empreendedor pode obter lucro líquido mensal de R$ 12.627,85, o que é um atrativo à novos empresários e que pode também estimular o desenvolvimento desse novo ramo agroindustrial.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25066/agrotec.v38i4.28311

Revista Agropecuária Técnica
ISSN impresso 0100-7467
ISSN online 2525-8990


Este periódico está indexado em:




Índice h (Google Scholar)=14


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional