CARACTERÍSTICAS DE CRESCIMENTO E PRODUÇÃO DO FEIJÃO-CAUPI (Vigna unguiculata L. Walp.) SOB APLICAÇÃO DE HERBICIDAS

Sharlle Ferreira Simplício, Anderson Carlos de Melo Gonçalves, Everton Carlos da Costa Duarte, Wagner Magno Catão Barbosa, João Pedro Chaves da Silva Rodrigues, Bruno de Souza Oliveira, Severino Pereira de Souza Júnior

Resumo


No Brasil, em especial no Nordeste, o feijão-caupi (Vigna unguiculata L. Walp.) tem bastante importância social, promovendo a fixação do homem no campo, pela sua alta produtividade mesmo em déficit hídrico, juntamente com este crescimento a demanda por herbicidas de pré e pós-emergência aumentou. Objetivou-se neste trabalho avaliar a eficiência do uso de herbicidas no controle de ervas daninhas e sua influência nas características de crescimento e produção da cultura. O experimento foi conduzido em regime de sequeiro, em condições de campo, no Departamento de Fitotecnia do Centro de Ciências Agrárias (CCA), Campus II da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), localizado no município de Areia, Paraíba. O experimento foi disposto em delineamento de blocos ao acaso, onde os tratamentos foram constituídos de 7 dosagens de herbicidas (Afalon e Targa) isolados e em mistura, aplicados aos 15 dias após a semeadura e 2 testemunhas (Sem e com capina). As variáveis analisadas foram altura de plantas, diâmetro de caule, número de folhas, produtividade, fitotoxicidade e controle a plantas daninhas. Os melhores resultados com relação as variáveis altura de planta, número de folhas e produtividade foram obtidos com os tratamentos 5, 7 e 8, respectivamente. Nenhum dos tratamentos influenciaram no diâmetro do caule. O tratamento 9 mostrou-se o mais eficiente no controle das plantas daninhas (85%). O tratamento 5 apresentou o melhor resultado em relação a fitotoxidade a cultura. Conclui-se que houve influência do uso de herbicidas na cultura do feijão-caupi excetuando ao diâmetro do caule.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25066/agrotec.v37i1.29714

Revista Agropecuária Técnica
ISSN impresso 0100-7467
ISSN online 2525-8990


Este periódico está indexado em:




Índice h (Google Scholar)=14


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional