Tratamento anaeróbio de resíduos sólidos orgânicos para pequenas comunidades

Maria Luciana Dias de Luna, Valderi Duarte Leite, Wilton Slva Lopes, Salomão Anselmo Silva, José Vanderley do Nascimento Silva

Resumo


Neste trabalho foi estudado o processo de tratamento anaeróbio de resíduos sólidos orgânicos com baixa concentração de sólidos em reator anaeróbio compartimentado. O sistema experimental foi instalado e monitorado nas dependências da Estação Experimental
de Tratamento Biológico de Esgoto Sanitário (EXTRABES) da Universidade Federal de Campina Grande, localizado
no bairro do Tambor na cidade de Campina Grande (7°13’11” sul, 35°52’31” oeste e 550 m acima do nível do mar) no estado da Paraíba. O trabalho foi realizado em reator anaeróbio compartimentado com capacidade unitária de 2,2 m3 sendo 1,85 m3 destinados ao substrato afluente e o restante ao biogás produzido. O substrato foi preparado com concentração de sólidos totais contendo em média cerca de 5% (percentagem em peso de sólidos totais), sendo constituído pela fração orgânica putrescível dos resíduos sólidos urbanos e por lodo de esgoto sanitário nas proporções de 80/20% (percentagem em peso de sólidos totais), respectivamente. Durante a realização do trabalho experimental foram aplicadas cargas orgânicas de 9,3 kg m-3
R dia-1 na primeira fase, 10,5 kg m-3 R dia-1 na segunda fase, 12 kg m-3 R dia-1 na terceira fase e 14 kg m-3 R dia-1 na quarta fase. O desempenho do reator foi avaliado com base nas taxas de reduções dos parâmetros DQO e STV. A análise dos resultados demonstrou que a digestão anaeróbia pode ser empregada com sucesso a esse tipo de substrato no qual acontece a bioestabilização da matéria orgânica produzindo biogás com aproximadamente 62% de gás metano que pode ser utilizado como fonte alternativa de energia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25066/agrotec.v29i1.3232

Revista Agropecuária Técnica
ISSN impresso 0100-7467
ISSN online 2525-8990


Este periódico está indexado em:




Índice h (Google Scholar)=14


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional