Análise econômica num sistema de produção animal em pastagem exclusiva de Coastcross ou consorciada com Arachis pintoi

Alexandre Lenzi, Ulysses Cecato, Clarilton Edzard Davoine Cardoso Ribas, Luiz Carlos Pinheiro Machado Filho, Cláudio Roma, Leandro Martins Barbero, Veridiana Aparecida Limão

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar a economicidade num sistema de produção em pastagem de Coastcross consorciada ou não com Arachis pintoi adubada ou não com nitrogênio, durante três anos de utilização por fêmeas, sob lotação contínua e carga variável. Foram estudados quatro tratamentos assim descritos: (CA0) Coastcross + Arachis sem N; (CA100) Coastcross + Arachis com 100 kg de N; (C200) Coastcross com 200 kg de N e (CA200) Coastcross + Arachis com 200 kg de N. Para a avaliação fez-se uma análise por meio de indicadores econômicos. Examinando-se os fluxos de caixa, os tratamentos CA sem nitrogênio e CA 200 kg/ha/ano de N apresentaram o melhor resultado de renda média líquida. Pelos índices de rentabilidade adicional, o CA com 100 kg/ha/ano de N apresentou efeito negativo. Pelos valores obtidos para a taxa interna de retorno, dos sistemas de produção, deve-se escolher o sistema de consorciação sem a utilização de nitrogênio. Em relação ao valor atual líquido, o único tratamento a apresentar valor negativo foi o CA com 100 kg/ha/ano, devendo ser rejeitado. Os resultados refletiram melhor renda líquida por hectare para o tratamento sem nitrogênio.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25066/agrotec.v30i1.3264

Revista Agropecuária Técnica
ISSN impresso 0100-7467
ISSN online 2525-8990


Este periódico está indexado em:




Índice h (Google Scholar)=14


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional