Crescimento inicial de Nopalea cochenillifera em função do fracionamento do cladódio

Juliana de Souza Pereira, Muricio Luiz de Mello Vieira Leite, Anderson Barbosa Cavalcante, Leandro Ricardo Rodrigues de Lucena

Resumo


A palma é um importante recurso forrageiro do Semiárido do Brasil, entretanto a disseminação da cochonilha¬-do-carmim (Dactylopius opuntiae Cockerell) se tornou um fator limitante ao cultivo desta forrageira. Neste contexto, a identificação de métodos de multiplicação clonal de palma, resistente a esta praga, torna-se necessário, pois pode reduzir a sazonalidade da produção de forragem nesta região. Desse modo, objetivou-se avaliar o fracionamento de cladódios de Nopalea cochenillifera clone Doce Gigante, como método propagativo, em função do tipo de segmento. Foram utilizadas mudas de palma forrageira resistente a cochonilha-do-carmin, obtidas através do fracionamento do cladódio em diferentes tamanhos (cladódio inteiro, ½ cladódio com corte vertical, ½ cladódio com corte horizontal, ¼ de cladódio, e fração de cladódio 6 x 4 cm). O substrato utilizado no plantio das mudas foi uma mistura de 2:1 de solo e esterco bovino curtido. As avaliações das mudas foram semanais, iniciada 30 dias após o plantio (DAP) e com duração até 93 DAP, obedecendo ao delineamento inteiramente casualizado, com 20 repetições. Avaliou-se o comprimento, largura, espessura de cladódio, taxa de brotação, taxa de mortalidade e número de brotos. As mudas de palma provenientes do ½ cladódio com corte vertical apresentaram maior comprimento, largura e espessura de cladódio. A técnica de multiplicação da palma forrageira (Nopalea cochenillifera clone Doce Gigante) por meio de segmentos do cladódio é viável e as plantas provenientes de cladódio fracionado ao meio no sentido vertical produzem cladódios mais compridos, largos e espessos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25066/agrotec.v39i2.37995

Revista Agropecuária Técnica
ISSN impresso 0100-7467
ISSN online 2525-8990


Este periódico está indexado em:




Índice h (Google Scholar)=14


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional