Imagem para capa

RELAÇÕES HÍDRICAS, TROCAS GASOSAS EM AMENDOIM, GERGELIM E MAMONA SUBMETIDOS A CICLOS DE DEFICIÊNCIA HÍDRICA

Ciro de Miranda Pinto, Francisco José Alves Fernandes Távora, Olienaide Ribeiro de Oliveira Pinto

Resumo


A pesquisa foi conduzida em casa de vegetação no Campus do Pici da Universidade Federal do Ceará, no período de janeiro a março de 2006, com o objetivo de estudar a resposta das culturas da mamona (Ricinus communis L.), gergelim (Sesamum indicum L.) e amendoim (Arachis hypogaea L.) a ciclos de deficiência hídrica na fase de crescimento vegetativo. As sementes foram semeadas em tubos de PVC com 100 cm de comprimento e 15 cm de diâmetro, em solo de textura arenosa. As cultivares foram submetidas a dois regimes hídricos - irrigação diária e ciclos de deficiência hídrica. As variáveis potencial hídrico, conteúdo relativo de água, transpiração foliar, fotossíntese foliar e condutância estomática foram reduzidas nas três culturas em resposta aos ciclos de deficiência hídrica. A relação entre a temperatura foliar e a ambiente aumentou em resposta ao estresse aplicado. O uso eficiente de água não foi alterado nas culturas da mamona e amendoim, apresentando redução significativa no gergelim em resposta ao déficit hídrico.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25066/agrotec.v35i1.9867

Revista Agropecuária Técnica
ISSN impresso 0100-7467
ISSN online 2525-8990


Este periódico está indexado em:




Índice h (Google Scholar)=14


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional