A finitude com significado: orientações em grupo social espiritualista para apoio a pacientes em situações de enfrentamento de tragédia ou morte.

Silvia Andrade da Silveira, Sílvia Patriota, Jane Domingos

Resumo


Como pesquisa etnográfica, este trabalho pretende apresentar um grupo social espiritualista, o SOL – Serviço Ostensivo de Luz – grupo que dá apoio a enfermos e seus familiares enquanto estes enfrentam alguma experiência trágica pela possibilidade de finitude de uma etapa da vida ou até mesmo, da possibilidade próxima da experiência de morte. Além de dar apoio psicológico, o grupo desenvolve terapias alternativas na busca da cura, bem como na busca da mudança de atitude diante do sofrimento, através de sua espiritualidade e religiosidades próprias, advindas principalmente do espiritismo, não obstante a influência de outras caracterizações religiosas. À luz de conceitos antropológicos da conscientização do fenômeno da morte por Morin; da insuficiência do modelo biomédico deste século apontada por Capra; e por fim, da busca de significado e normalidade para o sofrimento, através do mito, conforme Eliade; analisaremos as atividades desenvolvidas por este grupo e suas contribuições sociais verificáveis pelo viés transdisciplinar destes autores caros às Ciências das Religiões.

Texto completo:

PDF




ISSN: 2317-0476
r.diversidadereligiosa@gmail.com