A relação Igreja-imprensa: O nascimento da imprensa católica no Brasil no século XIX

Marcos Vinicius de Freitas Reis, Josias Freitas Souto

Resumo


Como um veículo de informação em massa os impressos foram percebidos pela Igreja Católica de variadas formas ao longo dos séculos. Este artigo busca apresentar num primeiro momento, não de forma exaustiva, o advento e o desenvolvimento da imprensa na Europa do século XV focando em alguns efeitos importantes que ocorreram naquela sociedade para posteriormente, compreendermos a preocupação que a Igreja Católica nutriu em relação ao comportamento da instituição com a imprensa. Em seguida, será apresentada a trajetória da imprensa no Brasil, as formas de controle, crescimento da atividade e a atuação da imprensa católica brasileira. Buscamos aqui compreender a relação da imprensa católica na questão da imprensa brasileira, partindo do pressuposto de que a organização da imprensa católica no século XIX está relacionada à necessidade de defesa da Igreja Católica contra movimentos ideológicos que surgiram e passaram a criticar pontos cruciais defendidos pela instituição. Através de levantamento bibliográfico referente ao assunto, podemos apontar que a Igreja Católica se viu impelida a se adequar ao novo meio de disseminação de informação como forma de defesa, pois o surgimento de movimentos como o Liberalismo, Modernismo e as críticas feitas diretamente à hierarquia católica se apresentavam como motivos para essa necessidade.

Palavras-chave


Imprensa; Igreja Católica; Imprensa Católica;

Texto completo:

PDF




ISSN: 2317-0476
r.diversidadereligiosa@gmail.com