A institucionalização da Ciência da Informação no Brasil sob a ótica da evolução quantitativa dos cursos de graduação na área

Aline Elis Arboit, Leilah Santiago Bufrem, Nair Yumiko Kobashi

Resumo


Estudo da evolução quantitativa dos cursos de graduação na área. Como corpus de pesquisa foram considerados os cursos de Biblioteconomia, Arquivologia, Museologia, Gestão e Ciência da Informação, criados entre os anos de 1910 e 2008. Verificou-se que a tendência de crescimento da quantidade dos cursos reflete a importância dada à informação no contexto atual. Entretanto, a diversidade de nomenclaturas e as divergências conceituais no campo teórico evidenciam a fragilidade epistemológica da área, bem como a busca de maior visibilidade profissional perante a sociedade.

Palavras-chave


Institucionalização científica; Cursos de Graduação

Texto completo:

PDF



Informação & Sociedade: Estudos - ISSN: 1809-4783

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.