A cidade dentro da cidade: medo, segurança e direito na sociedade dos limites

Daniele Veratti

Resumo


Pretende refletir sobre o papel dos limites e da ruptura urbana na cidade contemporânea, com uma particular referência aos direitos, aos medos dos cidadãos e a questão da insegurança urbana. A cidade contemporânea deixa seus limites tradicionais, para ser definida pelas redes de relações que incidem no território: neste processo desempenham um papel-chave as características do limite (real ou simbólico), como a consistência, a permeabilidade e a força de atração. Podemos pensar a cidade dentro da cidade, como fratura e divisão, mas também como proteção e união, como instrumento de geração de direitos numa sociedade, a qual se vê diante de efeitos como uma globalização, que poderia ter levado ao seu desaparecimento.

Palavras-chave


Cidade; Urbanidade; Medos Urbanos

Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Programa de Pós-Graduação em Ciências Jurídicas