CURRÍCULO “TOY STORY” DA EDUCAÇÃO INFANTIL: por um currículo brincante e brincalhão para bebês e crianças pequenas

Jose Damião Rocha

Resumo


Estudamos brinquedos, brincadeiras e materiais como proposta curricular da educação infantil. Faz-se indagações: os (as) pedagogos (as) sabem escolher, organizar e usar brinquedos, brincadeiras e materiais na creche e pré-escola com bebês e crianças pequenas? Desde 2006 a Pedagogia passou a ser lócus de formação de pedagogos (as) para cuidar e educar recém-nascidos, bebês e crianças pequenas. Apresentamos investigações sobre o brincar, vinculada às pesquisas no Programa de Educação da UFT, que vem pesquisando brinquedos, brincadeiras e materiais na transição do bebê, da casa à creche ou às instituições congêneres. É uma questão fundante da formação do (a) pedagogo (a), para os gestores municipais, para os centros de educação infantil, coordenadores pedagógicos, formadores, membros dos conselhos municipais de educação, pesquisadores em educação, nos tempos e espaços atuais, em que recém-nascidos, bebês e crianças pequenas passaram a frequentar instituições públicas de educação infantil, com currículo nacional e em tempo integral.


Texto completo:

PDF

Referências


BARBOSA, Raquel Lazzari Leite. Trajetórias e perspectivas da formação de educadores. São Paulo: Editora UNESP, 2004.

BORBA, Ângela Meyer. O brincar como um modo de ser e estar no mundo. In: BRASIL, MEC/SEB. Ensino fundamental de nove anos: orientações para a inclusão da criança de seis anos de idade. Brasília, DF: MEC/SEB, 2007.

BRASIL, MEC/SEF. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil, volumes I, II e III. Brasília: MEC/SEF, 1998.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de educação fundamental. Diretrizes curriculares nacionais para a educação infantil: MEC / SEF, 2009. Resolução CNE/CEB nº 5, de 17 de dezembro de 2009. http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=12992:diretrizespara-a-educacao-basica&catid=323:orgaos-vinculados acesso em 22 abr. 2015.

BRASIL, MEC/SEB. Brinquedos e brincadeiras de creches: manual de orientação pedagógica. Brasília: MEC/SEB, 2012.

COUTINHO, Angela Mª Scalabrin. O corpo dos bebês como lugar do verbo. In: ARROYO, Miguel G. SILVA, Mauricio R. da. (Orgs.). Corpo-infância: exercícios tensos de ser criança; por outras pedagogias dos corpos. Petrópolis, RJ: Vozes, 2012.

CUNHA, Nylse Helena Silva. Brinquedo, linguagem e alfabetização. Petrópolis/RJ: Vozes, 2004.

KISHIMOTO, Tizuko Morchida. Jogo, brinquedo, brincadeira e educação. São Paulo: Cortez, 2008.

MACEDO, Roberto Sidnei. Etnopesquisa crítica etnopesquisa-formação. Brasília, DF: Liber editora, 2006.

MELLO, Luiz. Familismo (anti)homossexual e regulação da cidadania no Brasil. In: Revista Estudos Feministas, Florianópolis, 14(2): 248, maio-agosto, 2006.

OLIVEIRA, Vera Barros de (Org.). O brincar e a criança do nascimento aos seis anos. Petrópolis: Vozes, 2000.

OLIVEIRA, Zilma Ramos de. Educação infantil: fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez, 2002.

ROCHA, J. Damião T. (Des)fazendo gênero: a (des)construção de práticas homofóbicas na infância através dos jogos, brinquedos e brincadeiras “educativos”. In: 6º Congresso Brasileiro de Extensão Universitária (CBEU), realizado de 19 a 22 de maio de 2014, UFPA, Belém- Pará.

ROCHA, J. Damião T. Por um currículo brincante e brincalhão: brinquedos e brincadeiras e materiais para bebês e crianças pequenas em creches. In: XI Simpósio de Educação do Campus de Palmas, realizado em 2014 em Palmas-TO.

ROCHA, José Damião T.; Gonçalves, Renan Rocha. Currículo da educação infantil: musicalização e linguagem musical com bebês e crianças pequenas em creches e pré-escolas. In: XII Colóquio sobre Questões Curriculares. VIII Colóquio Luso-Brasileiro de Currículo. II Colóquio Luso-Afro-Brasileiro de Questões Curriculares, 2016, Recife - PE. XII Colóquio sobre Questões Curriculares, 2016. V. 1. P. 28-36.

ROCHA, José Damião T.; BRITO, Lucas. Xavier. O currículo da conformidade e o currículo da expressividade: o corpo-criança entre o “escrupulosamente vigiado e interditado” e o “energético e persuasivo”. In: 1ª Reunião Científica Regional Norte da ANPEd, 2016, Belém - Pará. 1ª Reunião Científica Regional Norte da ANPEd. Belém - Pará: EDUFPA, 2016. v. 1. p. 34-45.

ROCHA, José Damião T.; CARNEIRO, G. Currículo da educação infantil: brinquedos e materiais para bebês e crianças pequenas em creches e pré-escolas. In: XII Colóquio sobre Questões Curriculares/VIII Colóquio Luso-Brasileiro de Currículo. II Colóquio Luso-Afro-Brasileiro de Questões Curriculares: Currículo: entre o comum e o singular, 2016, Recife - PE. XII Colóquio sobre Questões Curriculares, 2016. v. 1. p. 325-327.

RAPOPORT, Andrea. PICCININI, Cesar Augusto. O ingresso e adaptação de bebês e crianças pequenas à creche: alguns aspectos críticos. In: Revista Psicologia: Reflexão e Crítica, 2001, 14(1), PP. 81-95.

SILVA, Tomaz Tadeu da. O currículo como representação. In: O currículo como fetiche: a poética e a política do texto curricular. Belo Horizonte, MG: Autêntica, 1999.




DOI: https://doi.org/10.22478/ufpb.1983-1579.2019v12n1.36867

Direitos autorais 2019 Revista Espaço do Currículo

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.







Este periódico está indexado nas bases: