AS PERSPECTIVAS DE INTEGRAÇÃO NO CURRÍCULO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL INTEGRADA À EJA

Márcia Castilho Sales, Renato Hilário Reis

Resumo


O trabalho do estado do conhecimento apresentado teve como base a pesquisa realizada em trabalhos acadêmicos sobre a construção do currículo integrado na oferta do PROEJA. Esses trabalhos acadêmicos foram pesquisados no Repositório OASIS-BR, e, em artigos de Coleções do PROEJA, oferecidas por Universidades Federais que desenvolviam o curso de especialização na área. Foram selecionados os trabalhos de conclusão de curso na perspectiva de construção de cursos técnicos integrados à modalidade de Jovens e Adultos. A partir da análise da base material encontrada, verificamos que a concepção de integração do grupo responsável por elaborar o curso técnico, como a concepção de integração dos gestores e professores da instituição, se materializa num currículo integrado com formas e naturezas diferentes. Sobre essas diferentes perspectivas de integração é que vamos nos debruçar, apresentando a integração a partir do itinerário formativo.

Texto completo:

PDF

Referências


ARAUJO, Ronaldo; RODRIGUES, Doriedson. (Orgs. ). Filosofia da práxis e didática da educação profissional. Campinas: Autores Associados, 2011.

BARBIER, Renné. A Pesquisa-ação. Tradução de Lucie Didio. 1ª. ed. Brasília: Liber Livro Editora, v. 3, 2007.

BRASIL. Ministério da Educação. Programa Nacional de Integração Profissional à Educação Básica na Modalidade de Jovens e Adultos - PROEJA: documento base, 2007. Disponivel em: . Acesso em: 27 dezembro 2010.

DISTRITO FEDERAL. SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO. COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL. Orientações pedagógicas para a integração da educação profissional com o Ensino Médio e a EJA., 2014. Disponivel em: . Acesso em: 21 jan. 2015.

GRAMSCI, Antonio. Cadernos do Cárcere: os intelectuais; o princípio educativo e o jornalismo. Tradução de Carlos Nelson Coutinho. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, v. 2, 2001.

LOPES, Alice. Políticas de integração curricular. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2008.

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. Educação, ensino e marxismo. São Paulo: Edições Iskra, 2016.

RAMOS, Marise. Referências formativas sobre práticas em educação profissional: a perspectiva histórico-crítica como contra-hegemonia às novas pedagogias. In: ARAUJO, R. M. D. L.; RODRIGUES, D. S. Filosofia da práxis e didática da educação profissional. Campinas, SP: Autores Associados, 2011c.

REIS, Renato.; SALES, Márcia. A EDUCAÇÃO PROFISSIONAL INTEGRADA A EJA: COMO CONCRETIZAR O CURRÍCULO INTEGRADO? III Encontro Internacional de Alfabetização e Educação de Jovens e Adultos. Florianópolis: UFSC. 2016. p. 15.

SACRISTÁN, Júlio. O Currículo - Uma reflexão sobre a prática. Tradução de Ernani F. da Fonseca Rosa. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2000.

SALES, Márcia. A expansão da oferta integrada da educação profissional: princípios e estratégias. Revista ComCenso - estudos educacionais do DF, Brasília, agosto 2016. Disponivel em: .

SALES, Márcia. A oferta integrada da Educação Profissional integrada à EJA: É possível integrar? In: _____, C.; RÊSES, E. S.; PEREIRA, M. L. P. Educação de Jovens e Adultos Trabalhadores. Campinas, SP: Mercado das Letras, 2017. Cap. 15, p. 366.




DOI: https://doi.org/10.22478/ufpb.1983-1579.2019v12n1.41842

Direitos autorais 2019 Revista Espaço do Currículo

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.







Este periódico está indexado nas bases: