O preconceito de gênero no futebol brasileiro pela ótica do The New York Times

Isa de Oliveira Teixeira

Resumo


O futebol é um elemento frequentemente relacionado à imagem brasileira no exterior, fruto de uma noção estereotipada de Brasil. Mas, historicamente as mulheres são colocadas em um lado oposto ao do esporte, e mesmo hoje, a liberdade de se jogar a modalidade é eclipsada pelas diferenças de tratamento conforme o gênero. Este artigo visou analisar duas matérias veiculadas pelo NYtimes.com durante a Rio 2016, que abordam em diferentes níveis o machismo dentro do futebol brasileiro, buscando compreender como a figura feminina é retratada dentro do contexto esportivo. A partir de uma análise de conteúdo, concluiu-se que as mulheres são colocadas em uma posição de desvantagem embora com conquistas importantes. Esse problema também foi ampliado para além do futebol, e mostrou um lado negativo dessa relação entre o país e o esporte que não é normalmente tratado, embora não quebre a concepção estereotipada que os une.

Palavras-chave: Machismo no futebol. Brasil. Estereótipos. Rio 2016.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.