A (im)parcialidade da mídia: o impeachment de Dilma na capa de jornais brasileiros

Meline Mella

Resumo


Este artigo propõe um estudo do comportamento da mídia em relação ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, assunto que estampou inúmeras capas de jornais ao longo do processo. Para isso, fez-se uma análise da capa de seis jornais brasileiros – Correio Braziliense, Estado de Minas, Hoje em Dia, Diário de S. Paulo, Folha de S. Paulo e O Estado de S. Paulo –, edições publicadas em 1º de setembro de 2016. Com embasamento nas implicações do design e planejamento gráfico, além dos principais elementos que compõem um projeto gráfico (grid, tipografia, imagens e recursos cromáticos), no jornalismo impresso, identificou-se que as publicações fazem uso também de estratégias visuais para transmitir seu discurso que, muitas vezes, é parcial.

Palavras-chave: Design e planejamento gráfico. Jornalismo impresso. Capa. Impeachment.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22478/ufpb.1807-8931.2019v15n5.45880

Apontamentos

  • Não há apontamentos.