A Reinvenção da Roda: Roda de Conversa, um instrumento metodológico possível.

Autores

  • Adriana Ferro Moura
  • Maria Glória Lima Universidade Federal do Piauí

Resumo

O presente estudo pretende discutir a Roda de Conversa como uma possibilidade de instrumento de produção de dados na pesquisa Narrativa, considerando que este tipo de abordagem investigativa busca compreender o sentido que o grupo social oferece ao fenômeno estudado. A conversa é um espaço de formação, de troca de experiências, de confraternização, de desabafo, muda caminhos, forja opiniões, razão por que a Roda de Conversa surge como uma forma de reviver o prazer da troca e de produzir dados ricos em conteúdo e significado para a pesquisa na área de educação. No contexto da Roda de Conversa, o diálogo é um momento singular de partilha, uma vez que pressupõe um exercício de escuta e fala. As colocações de cada participante são construídas a partir da interação com o outro, sejam para complementar, discordar, sejam para concordar com a fala imediatamente anterior. Conversar, nesta acepção, remete à compreensão de mais profundidade, de mais reflexão, assim como de ponderação, no sentido de melhor percepção, de franco compartilhamento. Assim, o presente trabalho discute a Roda de Conversa, sua proposta, a forma de realização e de análise dos dados. Tem como apoio teórico autores como Warschauer (2001; 2002; 2004), Freire e Shor (1987), Campos (2000), entre outros. Desta forma, a pesquisa conclui que a Roda de conversa, sendo um instrumento de produção de dados que tem como matéria-prima a memória despertada pela a conversa com os pares, favorece os achados científicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adriana Ferro Moura

Doutoranda em Educação do Programa de Pós-graduação da Universidade Federal do Piuaí.

Maria Glória Lima, Universidade Federal do Piauí

Professora Permanente do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal do Piauí.

Referências

ABRAHÃO, Maria H. M. B. Construindo histórias de vida para compreender a educação e a profissão docente no Estado do Rio Grande do Sul. In: ______ (Org.). História e histórias de vida: destacados educadores fazem a história da educação rio-grandense. 2 ed. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2004. p. 13-33

BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política: obras escolhidas. São Paulo: Brasiliense, 1996.

CAMPOS, Gastão W. S. Um método para análise e co-gestão de coletivos: a constituição do sujeito, a produção de valor de uso e a democracia em instituições: o método da roda. São Paulo: HUCITEC, 2000.

COUTO, Mia. Estórias abensonhadas. Lisboa: Caminho, 2009.

CRESWELL, John W. Projeto de pesquisa: método qualitativo, quantitativo e misto. Porto Alegre: Artmed, 2010.

FREIRE, Paulo; SHOR, Ira. Medo e ousadia. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

GHEDIN, Evandro; FRANCO, Maria A. S. Questões de método na construção da pesquisa em educação. São Paulo: Cortez, 2008.

GUEDES-PINTO, Ana L.; SILVA, Leila C. B. da; GOMES, Geisa G. Memórias de leituras e formação de professores. Campinas: Mercado das Letras, 2008.

JESUS, Regina F. Sobre alguns caminhos trilhados... ou mares navegados... Hoje, sou professora. In: VASCONCELOS, Geni Amélia N. (Org.). Como me fiz professora. 2 ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2003. p. 21-42.

KERBRAT-ORECCHIONI, Catherine. Análise da conversação: princípios e métodos. São Paulo: Parábola Editorial, 2006.

MARTINS, Joel. A pesquisa qualitativa. In: FAZENDA, Ivani (Org.). Metodologia da pesquisa educacional. São Paulo: Cortez, 1989. p. 47-58.

OLIVEIRA, Inês B.; GERALDI, João W. Narrativas: outros conhecimentos, outras formas de expressão. OLIVEIRA, Inês .B. (Org.) Narrativas: outros conhecimentos, outras formas de expressão. Petrópolis: DP et Alli, 2010. p.

SANTAMARINA, Cristina; MARINAS, José M. Historias de vida e historia oral. In: DELGADO, Juan M.; GUTIÉRREZ, Juan (Org.). Métodos y técnicas cualitativas de investigación en ciencias sociales. Madri: Síntesis, 1995. p. 259-287.

WARSCHAUER, Cecília. Rodas em rede: oportunidades formativas na escola e fora dela. Rio de Janeiro: Paz e Terra. 2001.

______. A roda e o registro: uma parceria entre professor, aluno e conhecimento. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2002.

______. Rodas e narrativas: caminhos para a autoria de pensamento, para a inclusão e a formação. 2004. Disponível em : http://www.rodaeregistro.com.br/pdf/textos_publicados_3_rodas_e_narrativas_caminhos_para_a_autoria.pdf>. Acesso em: 4 jan. 2014.

Downloads

Publicado

2014-07-31

Como Citar

MOURA, A. F.; LIMA, M. G. A Reinvenção da Roda: Roda de Conversa, um instrumento metodológico possível. Revista Temas em Educação, [S. l.], v. 23, n. 1, p. 95–103, 2014. Disponível em: https://www.periodicos.ufpb.br/index.php/rteo/article/view/18338. Acesso em: 6 dez. 2021.

Edição

Seção

ARTIGO DE REVISÃO