https://www.periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/ies/issue/feed Informação & Sociedade 2024-01-31T19:23:02-03:00 Dra. Izabel França de Lima inform.sociedade.ufpb@gmail.com Open Journal Systems <p align="justify">Informação &amp; Sociedade (I&amp;S) é um periódico na área da Ciência da Informação vinculado ao <a href="http://dci.ccsa.ufpb.br/ppgci">Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação</a> da Universidade Federal da Paraíba. I&amp;S está avaliado na base de dados <a href="http://qualis.capes.gov.br/webqualis/ConsultaPeriodicos.faces">Qualis da CAPES como A2 e possui Índice h5: 8 e Meidana h5: 11 no Google Scholar.</a></p> <div id="spoon-plugin-kncgbdglledmjmpnikebkagnchfdehbm-2" style="display: none;"> </div> https://www.periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/ies/article/view/67537 Sistema regional de inovação 2023-11-24T07:44:00-03:00 Isabela de Souza Cruz isabelacruz.adv@gmail.com Rejane Sartori rejanestr@gmail.com <p>Sistema Regional de Inovação se refere a uma forma de explicar o desenvolvimento e a competitividade de uma região com base em atividades e processos de inovação. Vários estudos foram publicados ao longo dos anos desde que esse termo foi cunhado, em 1992. Na primeira década do século XXI, a literatura sobre o tema se estabeleceu, no entanto, não se observa um aumento consistente de publicações em anos recentes. Nesse sentido, o objetivo deste estudo é mapear e caracterizar a produção científica sobre Sistema Regional de Inovação, com vistas a identificar as principais tendências de pesquisas. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica de natureza exploratória. O método empregado foi o <em>Knowledge Development Process Constructivist</em>. Uma análise bibliométrica e sistêmica de 80 artigos que compõem o portfólio bibliográfico desta pesquisa foi efetuada. Os resultados evidenciam que o Sistema Regional de Inovação tem sido objeto de estudo constante, sobretudo a partir de 2015 e no último biênio, 2021-2022, em retomada pós pandêmica. Entre os assuntos mais pesquisados encontra-se o estudo de atores, políticas de inovação e metodologia de avaliação, o que denota as tendências das pesquisas dos últimos anos sobre Sistema Regional de Inovação. Como futuras pesquisas, sugere-se efetuar um mapeamento centrado em alguma temática específica que envolva Sistema Regional de Inovação, a exemplo dos temas mais publicados no último triênio.</p> 2024-03-06T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2024 Informação & Sociedade https://www.periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/ies/article/view/67315 O Radiojornalismo na Comunidade Quilombola de Santa Maria das Mangueiras 2023-12-28T11:41:54-03:00 Marciley Alves Dias marcileyster@gmail.com Liliam Deisy Ghizoni Ldghizoni@utf.edu.br Jéssica Painkow Rosa Cavalcante jessicapainkow@hotmail.com <p>Este artigo tem como objetivo geral analisar o papel do radiojornalismo na percepção da Comunidade Quilombola de Santa Maria das Mangueiras, localizada no Estado do Tocantins. Para tanto, busca-se traçar o perfil dessa comunidade, investigando o acesso e o consumo de informações por meio do rádio. A pesquisa adota uma abordagem qualitativa e utiliza métodos de procedimento histórico, bibliográfico e documental. Esses métodos são empregados para comparar os argumentos e fatos presentes na literatura, a fim de oferecer a melhor solução para a problemática abordada. Além disso, foram realizadas entrevistas semiestruturadas com dez moradores da comunidade. Na Comunidade visitada, o rádio se tornou um meio de informação e afetividade, fortalecendo os laços entre os moradores e a comunidade em geral. O radiojornalismo tem se mostrado uma ferramenta importante na comunicação com as comunidades quilombolas. Na Comunidade visitada, os moradores estabeleceram uma relação de confiança com o rádio, que se tornou um meio de informação e entretenimento.</p> 2024-01-31T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2024 Informação & Sociedade: Estudos https://www.periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/ies/article/view/67651 Educação em informação 2023-12-05T09:20:26-03:00 Marianna Zattar mariannazattar@gmail.com Maria de Fatima S.O. Barbosa fatima.barbosa@facc.ufrj.br Jussara Borges jussara.borges@ufrgs.br <p>A proposta deste artigo é trazer uma discussão sobre a noção de educação em informação sob o ponto de vista terminológico e conceitual. Para tanto, o artigo discute a compreensão por trás do termo “educação em informação” no campo de estudos da Informação a partir da perspectiva da Linguística. Essa discussão considera a perspectiva social da informação na medida em que a educação pode promover a crítica. Conclui que a educação em informação é um processo no qual o sujeito social utiliza os aportes recebidos da educação para construir sentido e realizar uma avaliação crítica da realidade construindo a informação.</p> <p> </p> 2024-03-13T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2024 Informação & Sociedade https://www.periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/ies/article/view/67388 Leitura documental no processo de indexação 2023-08-14T21:15:46-03:00 Ana Clara Gatto ana.gatto@unesp.br Alexandre Robson Martines alexandre.martines@unesp.br Carlos Cândido de Almeida carlos.c.almeida@unesp.br <p>O presente artigo aborda a possibilidade do uso da Linguística Funcional, especificamente da Semântica Discursiva, na leitura documental, etapa do processo de indexação, em que comumente vem sendo utilizado a Linguística Estrutural. Esta abordagem se concentra principalmente em análises estruturais e tem a palavra como forma e sentido, enquanto a Semântica Discursiva considera como elementos-chave o papel semântico que as palavras exercem no discurso, possibilitando incorporar uma visão mais holística do documento, levando em conta a intenção comunicativa dos autores e as nuances de significado presentes nas palavras-chave. Para tanto, são apresentados o processo de leitura documental com visão estruturalista, a Semântica Discursiva e seu possível uso e melhoria no processo de indexação no que concerne ao levantamento de palavras-chave. Conclui-se que a utilização da Linguística Funcional no processo de indexação representa uma promissora alternativa à abordagem tradicional pautada na visão estruturalista do discurso visto que incorporar o contexto na definição de palavras-chave possibilita a descrição mais detalhada além de considerar todo o contexto de produção.</p> 2024-03-07T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2024 Informação & Sociedade https://www.periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/ies/article/view/67815 Uma Análise sobre os usos do conceito de memória na Ciência da Informação brasileira 2023-12-28T15:53:34-03:00 Ana Wanessa Barroso Bastos anawanessabb@gmail.com Jefferson Veras Nunes jefferson.veras@ufc.br <p><span style="font-weight: 400;">Tem como objetivo identificar os autores mais recorrentes nas citações sobre memória e suas abordagens em pesquisas relacionadas ao tema no campo da Ciência da Informação. Nesse sentido, por meio de levantamento bibliográfico, analisa as citações dos artigos publicados na Base de Dados Referenciais de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação (BRAPCI) entre 2017 e 2021, tendo como intuito identificar as abordagens mais adotadas na área no tocante ao estudo sobre memória, destacando-se uma perspectiva informacional, histórica e cultural, quanto maiormente social. A partir disso, expõe a natureza interdisciplinar na forma como o conceito é entendido, o que propicia o surgimento de novos paradigmas na área. A quantidade de artigos sobre memória tem permanecido em crescimento nos últimos cinco anos levando em conta o mesmo período anterior ao analisado, ratificando a frequência crescente da temática, contribuindo para o avanço de discussões teórico-conceituais no domínio da Ciência da Informação no Brasil, bem como no que concerne às práticas profissionais.</span></p> 2024-03-06T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2024 Informação & Sociedade https://www.periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/ies/article/view/67216 Divulgación de información digital 2023-08-14T21:57:05-03:00 Triana Arias Abelaira tariasa@unex.es María Pache Durán mpache@unex.es Lázaro Rodríguez Ariza lazaro@ugr.es <p>En diciembre de 2022, el Parlamento Europeo y el Consejo de la UE adoptaron la <a href="https://www.boe.es/buscar/doc.php?id=DOUE-L-2022-81885">Decisión por la que se establece el Programa Estratégico para la Década Digital 2030</a>, donde se fijan una serie de objetivos y metas que guiarán la transformación digital de Europa. Entre estos objetivos se encuentra la transformación digital de las empresas. En España, el Gobierno lanza el Plan “España Digital 2026”, orientado a impulsar sinergias de las transiciones digitales y ecológicas, de manera que llegue a toda la sociedad y concilie las nuevas oportunidades que ofrece el mundo digital. Por todo ello, se puede decir que la digitalización se ha convertido en un factor clave para la competitividad de las empresas, debido a la importancia de implementar una estrategia digital sólida para adaptarse a los cambios en los mercados y las demandas de los consumidores. Sin embargo, a pesar de su importancia, no existe un instrumento de medida específico que evalúe este tipo de comportamientos. El objetivo del presente estudio consiste en el diseño de indicadores que permitan medir y comparar los comportamientos acerca de la información sobre digitalización que las empresas ofrecen a través de sus sitios web. Para lograr este objetivo, se ha planteado un análisis de contenido sobre diferentes parámetros en torno a la digitalización, disponibles en WOS.</p> 2024-01-31T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2024 Informação & Sociedade: Estudos https://www.periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/ies/article/view/67685 Abrangência geográfica da rede de colaboração científica na produção de artigos pelos egressos stricto sensu da Psicologia 2023-12-28T14:02:33-03:00 Maria Clarice Lima Batista clarycelima@gmail.com Sérgio Dias Cirino sergiocirino99@yahoo.com Thiago Magela Rodrigues Dias thiagomagela@gmail.com Rogério Mugnaini mugnaini@usp.br Rodrigo Lopes Miranda rlmiranda@ucdb.br <p>A difusão da excelência científica dos centros de pesquisa do Sudeste do Brasil para regiões menos favorecidas e a internacionalização são apontadas como desafio. O presente estudo bibliométrico analisa regionalmente as redes de colaboração científica formadas na publicação de artigos em coautoria pelos Egressos <em>stricto sensu</em> da Psicologia da Universidade Federal de Minas Gerais, sua configuração no Brasil e no exterior. O software ScriptLattes extraiu os artigos do Currículo Lattes, para a geração de grafos de colaboração e mapas de geolocalização propiciando análise espacial quantitativa e avaliativa pela visualização das redes. Os 469 artigos publicados formaram uma rede com 390 coautores e total de 1438 conexões pela coautoria conjunta. Na colaboração nacional Minas Gerais é a região da maioria dos vínculos, embora considerável colaboração com outros 13 Estados, sendo 07 destes fora da região Sul/Sudeste. Dentro do Estado houve acentuada concentração na capital Belo Horizonte, todavia, ocorreram conexões com 17 municípios do interior. Um espalhamento da atividade colaborativa foi identificado a partir da presença de Egressos como docentes nas Instituições com maior quantidade de conexões contribuindo para redução das assimetrias regionais. A rede dentro da Universidade se caracterizou por alta endogenia, com pouca interação com outros Programas. A colaboração internacional foi fraca com poucas Instituições estrangeiras, prevalecendo a influência pela similaridade linguística com maior peso que a proximidade geográfica. É demonstrada a importância dos estudos de Egressos e da Cientometria Espacial para tomadas de decisão pelos Programas e órgãos governamentais. </p> 2024-03-06T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2024 Informação & Sociedade