Transferência de conhecimentos de trabalhadores em fase de aposentadoria: analisando os diferentes BAs

Autores

  • Emanuele Canali Fossatti Universidade de Passo Fundo - UPF
  • Denize Grzybovski Universidade de Passo Fundo (UPF)
  • Anelise Rebelato Mozzato Universidade de Passo Fundo - UPF

Resumo

Neste artigo buscou-se compreender os espaços para a transferência de conhecimentos entre trabalhadores maduros e jovens, tendo o centro administrativo de uma Instituição de Ensino Superior (IES) como espaço da pesquisa empírica. Transferência de conhecimentos é um tema complexo, na medida em que envolve o desafio de incentivar e oportunizar, por parte das organizações, espaços para o compartilhamento de conhecimentos entre trabalhadores de diferentes gerações, considerando as particularidades de tal processo. A pesquisa foi desenvolvida no nível exploratório, com corte transversal e com abordagem qualitativa dos dados, os quais foram coletados por meio de entrevista, grupo focal e observação não participante. Os dados foram triangulados e analisados pela análise de conteúdo, com o apoio do software NVivo®11. O principal resultado deste artigo é que a transferência de conhecimentos ocorre em diferentes tipos de BAs, mas o processo de compartilhamento de experiências é o ponto de partida.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Emanuele Canali Fossatti, Universidade de Passo Fundo - UPF

Psicóloga (UPF). Especialista em Psicologia e Comportamento Humano nas Organizações de Trabalho (Imed). Mestre em Administração (UPF). Atua como Analista de Gestão de Pessoas na Fundação Universidade de Passo Fundo com atividades relacionadas às áreas de Psicologia Organizacional e do Trabalho. Docente nos Cursos de Psicologia (URI) e Administração (Cesurg). Possui experiência com seleção e desenvolvimento de pessoas, avaliação psicológica, avaliação psicossocial, intervenções psicológicas grupais, pesquisa de clima, avaliação de desempenho, gestão de carreira e programas voltados à saúde do trabalhador, entre outros processos voltados à área da Psicologia Organizacional e do Trabalho.

Denize Grzybovski, Universidade de Passo Fundo (UPF)

Administradora (URI - Campus Erechim). Mestre em Dirección y Organización de Empresas (Universidad Museo Social Argentino/UMSA). Doutora em Administração (UFLA) com tese em empresa familiar. Docente Permanente do Programa de Pós-Graduação em Administração (PPGAdm) na Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis (Feac) na Universidade de Passo Fundo. Líder do Grupo Multidisciplinar de Estudos Organizacionais (GMEORG), cadastrado no CNPq. Editora Associada na Revista de Administração Contemporânea (RAC).

Anelise Rebelato Mozzato, Universidade de Passo Fundo - UPF

Psicóloga (UPF). Especialista em Gestão Empresarial (UFSC/UPF). Mestre em Educação (UPF). Doutora em Administração (Unisinos). Professora Titular III pertencente ao corpo docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade de Passo Fundo (PPGAdm-UPF). Líder do Grupo de Pesquisa Estudos em Gestão de Pessoas (GEGEP), cadastrado no CNPq.  Atual líder do Tema 2 – “Gerações, Ageismo e Trabalho” na Divisão Acadêmica GPR – Gestão de Pessoas e Relações de Trabalho, da ANPAD.

 

Downloads

Publicado

23-12-2021

Como Citar

Canali Fossatti, E., Grzybovski, D., & Rebelato Mozzato, A. (2021). Transferência de conhecimentos de trabalhadores em fase de aposentadoria: analisando os diferentes BAs. Perspectivas Em Gestão &Amp; Conhecimento, 11(3), 56–78. Recuperado de https://www.periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/pgc/article/view/59732

Edição

Seção

Relatos de Pesquisa | Research Articles