IRENE DIAS CAVALCANTI

UM CANTO DE DESEJO E LIBERDADE NO CENÁRIO LITERÁRIO PARAIBANO

Autores

  • Marcelo Medeiros da Silva Universidade Estadual da Paraíba https://orcid.org/0000-0003-1055-910X
  • Roberta Thamirys Temoteo Rodrigues Universidade Estadual da Paraíba
  • Lívia Maria de Oliveira Farias Universidade Estadual da Paraíba

Palavras-chave:

Mulher e literatura, Literatura Paraibana., Irene Dias Cavalcanti

Resumo

Neste artigo comentamos a obra de Irene Dias Cavalcanti, detendo-nos especialmente nos livros Eu, mulher, mulher (1971) e Lirerótica (1974), a fim de destacar o pioneirismo da escritora ao tratar de temas (sexo, desejo, erotismo, liberdade feminina) vistos como tabus no cenário literário paraibano da década de 1970 do século passado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Medeiros da Silva, Universidade Estadual da Paraíba

Doutor pelo Programa de Pós-Graduação em Letras da UFPB e professor de Literatura na Universidade Estadual da Paraíba - campus VI.

Roberta Thamirys Temoteo Rodrigues, Universidade Estadual da Paraíba

Graduanda em Letras, habilitação em Língua Portuguesa, pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e bolsista da iniciação científica com pesquisa sobre a poesia (PIBIC, cota 2022/2023) e prosa (PIBIC, cota 2023/2024)  de Irene Dias Cavalcanti. 

Lívia Maria de Oliveira Farias, Universidade Estadual da Paraíba

Graduanda em Letras, habilitação em Língua Portuguesa, pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e bolsista da iniciação científica com pesquisa sobre a prosa (PIBIC, cota 2023/2024) de Irene Dias Cavalcanti. 

Downloads

Publicado

2024-03-08

Como Citar

Silva, M. M. da, Rodrigues, R. T. T., & Farias, L. M. de O. (2024). IRENE DIAS CAVALCANTI: UM CANTO DE DESEJO E LIBERDADE NO CENÁRIO LITERÁRIO PARAIBANO. Revista LiteralMENTE, 4(Especial), 134–149. Recuperado de https://www.periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/rl/article/view/68453

Edição

Seção

DOSSIÊ “ESCRITORAS NORDESTINAS OFUSCADAS PELO CÂNONE LITERÁRIO BRASILEIRO"