O RESGATE DA “ESCRITA DE SI” NA OBRA DE ALINA PAIM

Autores

Palavras-chave:

Resgate, Romance de Autoria Feminina, Historiografia Literária, Literatura Engajada

Resumo

Este artigo traz à baila reflexões sobre a “escrita de si” como uma estratégia para ampliação dos estudos sobre a obra da escritora sergipana Alina Paim, a fim de resgatar seu papel de liderança na luta pelos direitos das mulheres, dando destaque para a formação de leitoras das protagonistas de seus primeiros romances. Como recorte, vamos abordar as estratégias do resgate historiográfico, propostas por Elódia Xavier, e as abordagens da “escrita de si”, propostas por Margareth Rago, destacando como as personagens leitoras de Estrada da liberdade (1944) e Sol do meio-dia (1961) desvelam pistas da tessitura de uma escrita engajada na luta por uma sociedade igualitária. Concluímos que análises como a que fazemos neste artigo servem como relicário para o trabalho de resgate que vem sendo realizado no que concerne à vida, legado literário e fortuna crítica de Alina Paim. Ela é mais uma das escritoras nordestinas ostracizadas pelo Cânone Literário Brasileiro e pela historiografia literária nacional que merecem ser mais conhecidas e melhor estudadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciana Novais Maciel, Faculdade Pio Décimo

Coordenadora do Curso de Licenciatura em Letras Português e Espanhol  da Faculdade Pio Décimo.  Doutoranda em Estudos Literários pelo Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal de Sergipe (PPGL-UFS). Mestre em Literatura pelo Programa de Pós-Graduação em Linguística e Literatura da Universidade Federal de Alagoas (PPGLL-UFAL), Endereço eletrônico: luemeester@gmail.com. Orcid: https://orcid.org/. Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/2069805544349861

Carlos Magno Gomes, Universidade Federal de Sergipe

Professor Titular de Literatura da Universidade Federal de Sergipe. Mestre e doutor em Literatura pelo Programa de Pós-Graduação em Literatura da Universidade de Brasília (POSLIT-UnB). Pós-doutorado em Estudos Literários pelo Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários da Universidade Federal de Minas Gerais (POSLIT /UFMG). Pesquisador Produtividade do CNPq. Lider do Grupo de Estudos GELIC/CNPq/UFS.  Endereço eletrônico: calmag@bol.com.br. Orcid: https://orcid.org/0000-0001-9070-9010. Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/9873075052052995

Downloads

Publicado

2024-03-08

Como Citar

Maciel, L. N., & Gomes, C. M. (2024). O RESGATE DA “ESCRITA DE SI” NA OBRA DE ALINA PAIM. Revista LiteralMENTE, 4(Especial), 97–113. Recuperado de https://www.periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/rl/article/view/68914

Edição

Seção

DOSSIÊ “ESCRITORAS NORDESTINAS OFUSCADAS PELO CÂNONE LITERÁRIO BRASILEIRO"